2 de julho de 2017

KECHARI: O MUDRA QUE SE FAZ COM A LINGUA




HUMBERTO J. MENEGHIN



Mencionado na Gheranda Samhita, no Hatha Yoga Pradeepika e também em diversos outros textos de estudos relacionados ao Yoga, o Kechari é um mudra, que diferentemente dos que conhecemos, é feito com a língua. E, sem pensarmos em fazê-lo, às vezes, ele se faz naturalmente presente quando estamos em algumas posturas durante a prática.


Para realizar o Kechari mudra é simples: apenas role a língua para trás em direção ao palato mole da boca e a mantenha lá. Mas, de início, para algumas pessoas, a língua poderá tocar apenas o palato duro que está mais a frente.


No entanto, com a prática, a tendência é chegar mais lá para trás no palato mole e ainda quem sabe, para algumas pessoas, tocar a úvula. Para os mais experts a língua em Kechari pode chegar até a cavidade nasal, o que leva muitos anos de prática, mas possibilita aos que persistirem sentir o sabor do amrit, néctar que flui da raiz da cavidade nasal que tem a função de energizar o corpo, diluir a sede e até desejo de se alimentar.








Alguns Yogis mais avançados chegam até cortar a membrana que está abaixo da língua, denominada freno, para ir mais fundo na prática e os que resolvem fazer isso tem a orientação de um Yogi mais versado em Kechari mudra. Mas, será que vale a pena o sacrifício?


A prática do Kechari pode ser feita acompanhada pelo ujjayi pranayama e também pelo shambavi mudra, em que os olhos do praticante se voltam para cima e se concentram ao espaço entre as sobrancelhas.


Além de possibilitar que o praticante deixe de sentir sede e fome e até acabe com a preguiça, o sistema imunológico se torna mais ativo. E, de acordo com a Gheranda Samhita e Hatha Yoga Pradeepika, quem o pratica pode se tornar imune ao veneno e a mordida de cobras.


Ainda, sabe-se que a pressão da língua ao palato mole promove a ativação de glândulas relativas à produção hormonal. E, por fim, ao alcançar a excelência no Kechari mudra, o praticante chega ao Samadhi.

Harih Om!


Curta/LIKE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário